#CATINDICA Uncategorized

Meus devaneios | Saudade é pra chorar?

As vezes me pego com vontade de ouvir músicas antigas e geralmente quando mato essas vontade o que acontece depois não é tão bom assim.

As opiniões sobre isso se dividem muito né? Tem gente que diz que é bom chorar, que tem que por tudo pra fora, que guardar tristeza e rancor faz mal e pode até te deixar doente.

Pra falar bem a verdade eu não sei em que eu acredito, não é que eu precise chorar mas é que eu tenho um bloqueio do bem, pelo menos eu considero do bem. Quando algo de muito ruim acontece comigo eu simplesmente apago. Coisas como brigas, traumas, esse tipo de coisa eu geralmente esqueço mesmo, parece que nunca aconteceu, estranho né?

Agora quando alguém que eu amo muito morre, ai é claro que não da pra esquecer, mas da pra não pensar. Me lembro como se fosse hoje quando meu namorado de 18 anos morreu, uma semana depois eu liguei na casa dele pra chama-lo pra comprar um cd comigo. Demorei uns 10 segundos pra me tocar e começar a chorar, dói muito né?

Hoje em dia não penso tanto nisso, e aliás poucas pessoas sabem que algumas das pessoas mais importantes eu já perdi e algumas delas de formas que ninguém deveria perder. Mas é claro que eu não vou contar uma a uma pra vocês, até porque seria doloroso demais pra mim.

Mas em dias como hoje eu coloco meu fone e ponho pra tocar a playlist do passado. As musicas me levam até lá, nossa, parece tão real! Parece mesmo que posso tocar cada uma daquelas pessoas mais uma vez. Isso me faz bem, mas também me faz querer voltar atras, voltar no passado, viver aquele dia de novo!

Esse negócio de aproveitar cada dia como se fosse o ultimo pra mim não da, não mesmo. Acordo, faço faxina, trabalho, como, vou a academia… isso não será um dia pra se lembrar. Não tem como saber quando seda o ultimo dia… e é por isso que dói tanto…

To aqui, ouvindo essas musicas, é tanta coisa que passa pela minha cabeça… da pra sentir alguém fazendo carinho no meu coração. Mas não vou chorar, não dessa vez. Não vou me perguntar mais uma vez porque as pessoas ficam doentes, sofrem ou simplesmente se avo, tão novas, ou tão velhas… elas deveriam ficar aqui. Mas hoje não, não vou dizer isso.

Hoje eu vou apenas ouvir e lembrar. Lembrar do dia em que cai de patins e chorei, chorei porque pensei que aquela era a pior dor que alguém pode sentir. Mas não era… não mesmo.

Sera que eu sou quem sou pelas perdas que tive? Como diz aquele texto: antes de me julgar, calce meus sapatos e caminhe por onde caminhei…

Mas não, não quero méritos pela minha dor, tipo, olha eu sou assim porque perdi meu pai quando minha mãe ainda estava gravida de mim, por isso eu sou assim. Não, eu não vou. Não vou porque não sou. Sou assim porque eu fiz minhas escolhas, e uma delas é estar aqui, ouvindo esse som.

Me pego chorando e as vezes um pequeno sorriso no meio do choro nasce no canto dos lábios, lembrando das coisas boas e pensando: olha onde eu cheguei. Sou tão feliz, tenho o marido que eu sempre sonhei, o lar que eu sempre quis e sou tão amada! Obrigada meu Deus! Não estou reclamando, mas hoje me deixe chorar, eu prometo que é pouco, é rápido, mas eu preciso pensar mais uma vez, porque… porque?

Todo mundo já perdeu alguém e sabe o quanto isso dói. Dói ainda mais quando a gente sente o perfume na rua e o olho arregala na hora, e olhamos de um lado pro outro, será que é ele??? Dói quando escutamos aquela musica que costumava tocar nos momentos de felicidade, e hoje faz a gente chorar. Dói quando vemos aquelas fotos… tudo passou tão rápido!

Por isso chore, mas quando terminar não deixe de abraçar e beijar aquele ou aquela que você ama, hoje, agora! Não espere nem mais um minuto! Vamos aproveitar!

Obrigada pelo carinho meus amores! ♥

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply